Teses e Dissertações

  

Duzentos e quarenta e quatro (258) dissertações já foram aprovadas ao longo do período de 41 anos (1976-2017) de existência do programa. Neste período houve a média de 6,1 apresentações de dissertações por ano. O ano de 2011 foi o mais produtivo com a apresentação de 13 dissertações; em 1997 e 2004 foram 11 e 1979 foram apresentadas 10 dissertações. Uma lista nominal  dos profissionais aprovados no Curso está disponível.

O Doutorado só teve início em 1995 e até o presente (julho de 2016) foram aprovadas 72 teses, com um média anual de 3,3 trabalhos. Os anos mais produtivos foram 2009, 2014 e 2015, com a apresentação de 7, 5 e 7 teses, respectivamente. Lista nominal dos graduados até julho de 2016 pode ser vista em Teses.